Gémeos doentes

Este é um tema deveras pertinente… quando soube que ia ter gémeos, mil e uma questões apareceram de imediato (depois do pânico, claro!), e uma delas era “e quando adoecerem?!!” Fico só com o que está doente em casa? Adoecem os dois ao mesmo tempo? Se não adoecerem, e um adoecer uma semana depois do mano, vou faltar tipo um mês seguido ao trabalho até ambos recuperarem? (Pânico outra vez!).

Outro factor importante nesta equação é que a nossa rede familiar não consegue acudir-nos tanto quanto quereriam . Além disso e a bem da verdade com dois tudo complica!

Decidi aguardar para sofrer na altura…

A primeira vez que um deles ficou doente e depois de muito ler sobre o assunto, desde teorias como “o melhor é ficar só com o que está doentinho e deixar o outro na creche/escola”, ou “jamais, fica um em casa o outro também !”, fiquei deveras confusa…

Quando chegou a altura decidi experimentar a versão do fico só com um… resultado…

O que foi para a creche teve o tempo todo deprimido num canto (ainda que fosse muito pequenino) tiveram tanto tempo juntos para agora serem separados; a logística envolvida – no vai um e fica o outro – é deveras difícil; e eu tive o tempo todo cheia de remorsos por ter ficado com um e ter enviado o outro para a creche…

Resultado, no dia seguinte o mano também ficou doente, pelo que fiquei com ambos!

Ou seja, agora sempre que um deles fica doente, fico com ambos em casa.

A verdade é que pela experiência que tenho nesta questão de gémeos (quase 22 meses 🙂 ) não me lembro de nenhuma doença/maleita ou achaque que um tenha tido e o mano não (pode ser uma questão de minutos apenas ou no máx. 24 horas de diferença entre o aparecimento dos sintomas no “segundo”).

Esta situação nem é má de todo (o facto de ficarem doentes ao mesmo tempo!, não da doença em si – mas faz parte  do seu crescimento!!), dado que não é preciso faltar assim tanto tempo (caso a doença o permita e não existam complicações – como será bom de ver), pois estão doentes praticamente ao mesmo tempo e recuperam apenas com pouca diferença (pelo menos – em principio – não dobrando o tempo de recuperação, já que tudo o resto é em dobro! 🙂 ).

Seja como for não será de excluir que possa acontecer um adoecer hoje e o mano só daqui a duas semanas (são gémeos, apenas…cada um é cada um).

E para terminar ainda temos o mano mais velho que de vez em quando também leva por tabela (perdoem-me a expressão) e fica também como senhorio de um vírus oportuno vindo dos mini manos.

Ah, e temos sempre o pai que vai revezando a mãe, que nestas questões de paternidade é excelente! ❤

Veremos o que nos reserva o Inverno que está por aí a chegar (o Outono já começa bem…bahhh)

IMG_20170902_182632.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s