O tempo é relativo…

Ricardo Reis dizia, “Breve o dia, breve o ano, breve tudo. Não tarda nada sermos”. 

Com efeito este desgraçado passa a uma velocidade tal que devia ser multado… 

Sempre sofri de falta de tempo para fazer tudo o que queria, mas agora a coisa agravou-se.

Quando dou por mim, verifico que já tenho 40 anos {era só no ano 2000 e tal, faltava tanto…}…

Já vai fazer um ano que fui internada {final de novembro de 2015} e por lá me mantive por 28 dias…

Já vai fazer um ano que conheci os meus piturrinhos.

Já passaram quase 12!!! anos, que conheci o piturro mais velho.

Agora, quando dou por mim fiz mil coisas, mas ainda falta fazer outras tantas e o dia já terminou, o mês, o ano…

O melhor será aproveitar cada segundo, que os gajos têm vida própria e quando menos esperar estou com netos nos braços.

o que me consola é que ainda falta muito futuro pela frente.

Como dizia o outro…

Carpe diem


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s